Noticias


     

2ª Exportação de sémen de bovino da raça Alentejana para o Brasil


No Passado dia 20 de Agosto, iniciou-se um novo processo de exportação de sémen de bovino da raça Alentejana para o Brasil. Trata-se da 2ª exportação de material genético da raça Bovina Alentejana em menos de 4 meses.

Desta vez, os interessados nas características genéticas e fenotípicas impares da raça bovina Alentejana, são o Sr. José Brito Eusébio e, seu filho, Sr. Nuno Eusébio. Estes Criadores Portugueses, radicados no Brasil, são detentores de cerca de trinta e cinco mil fêmeas reprodutoras da raça Nelore. Apesar da distância a que têm atualmente as suas propriedades, deslocaram-se à sede da Associação dos Criadores de Bovinos da Raça Alentejana para darem início a este processo.


Da esquerda para a direita: Sr. José Brito Eusébio, Sr. Nuno Eusébio
e Sr. Francisco Moura (presidente da ACBRA)


Estes Portugueses desenvolvem a sua atividade pecuária no Estado de Mato Grosso (Brasil), quem tem um clima bastante variável. O estado de Mato Grosso apresenta alguma variedade de climas, mas predomina o tropical húmido de monção, com temperaturas elevadas.

A grande aposta do Sr. José Brito Eusébio, pessoa com grande experiência na área da bovinicultura de carne, é poder vir a cruzar as suas fêmeas Nelore com o bovino Alentejano, de forma a obter produtos para abate melhorados. Neste sentido, já se iniciou o processo de autorização ao nível do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Brasileiro, com objetivo de se exportar dez mil doses de sémen de bovino da raça Alentejana para o Brasil.